domingo, julho 18, 2010

Mulheres no Rock (Teaser)

Vídeodocumentário realizado como Projeto Experimental de Conclusão do Curso de Comunicação Social da Universidade Federal da Paraíba

Bacharel em Radialismo

Entrevista das bandas: Andada; Bárbara; Blue Sheep; Evil Force; Noskill; Senhoritas e Violet.

Depoimentos de Olga Costa; Eliseu Lins e Robério Rodrigues

Trilha de Abertura e encerramento: Eveline Lúcia

Rock Feminino - 1960

Na década de 1960 aparece a “Rainha do Soul” Aretha Franklin, adepta do blues/rock e jazz, sua voz ficou conhecida como maravilha natural. A segunda metade dos anos 60 é caracterizada pelo movimento hippie, o estilo é marcado pela voz rouca e sensual de Janes Joplin, ela foi a pioneira a quebrar as barreiras do preconceito. Cher integrou ao lado do marido a dupla “Sonny e Cher”, essas duas mulheres tornaram-se ícones femininos da cultura hippie.

Trajetória do Rock Feminino - 1950

Ao longo da história do Rock Mundial, muitas mulheres quebraram fronteiras e conseguiram lançar carreira no cenário rock, com estilos diferentes ao longo dos anos, cada vez mais aparecem bandas formadas por mulheres. Elas apareceram com suas vozes agudas, maquiagem, cabelos nos mais diversos formatos e cores com suas roupas justas realçando sua feminilidade fatal. Características de um universo cheio de contrastes cada um com seu estilo e gosto musical. Enfrentando uma cultura machista e preconceituosa, surgiram aos poucos para enraizar o cenário rock feminino. A partir da década de 50 uma mulher levanta a bandeira da igualdade sexual, abrindo espaço para que outras mulheres conquistassem o estrelato. A primeira mulher a cantar o estilo musical foi Tina Turner, e junto com ela, artistas de várias gerações conseguiram destaque.

quarta-feira, julho 07, 2010

Não Faz Sentido! - Crepúsculo

Uma das melhores críticas hilárias do filme crepúsculo!