sexta-feira, outubro 24, 2014

Desabafo


Estou cansada, calejada, tentando entender as facetas da vida. Estou aqui, aberta a quem quiser me conhecer, conversar abertamente sem delongas sobre qualquer coisa. 

Eu me importo com o ser humano, independente do que seja, mas não me permito conhecer e me abrir aos covardes, hipócritas e alienados que só olham para o próprio umbigo.

Conheço e sei que tem muita gente com opinião formada mesmo sem conhecer o outro, só porque ele/ela faz parte de algo, é importante ou um zé ninguém. Eu me permito conhecer e ser conhecida por qualquer pessoa, pois é muito fácil viver de ‘achismos’.

Eu prefiro ver com meus próprios olhos, tirar minhas próprias conclusões, e digo mesmo, jogo verde para saber as reais intenções, porque as máscaras não caem, e sim, começam a derreter como o rebocal que muita gente passa na cara por aí.

Já dei muita tapa de luva na cara de muita gente, de quem não acreditou onde eu estaria hoje, e isso eu falo da família aos amigos, pois ninguém manipula ninguém, se deixa ser manipulado, e muitos vivem só da aparência, mas se enfrentassem a vida de cara sem depender dos outros, aí sim, saberia que a vida não é um mar de rosas, é uma batalha constante.

Não vivo de ilusões, não dependo de ninguém para escolher e fazer o que quero, sim, já passei pelo inferno e dei a volta por cima, e certas coisas que aconteceram na minha vida me tornaram mais forte, posso ser fria às vezes, mas isso faz parte do crescimento mental e espiritual.

Isso é só um desabafo, sigo meu instinto, sinto coisas que muita gente não acreditaria e quando não consigo mais suportar prefiro colocar tudo pra fora. Já fui boa demais para muita gente, tentaram muita coisa e não conseguiram, e quem deseja o mal para os outros está fadado a viver de ilusão. Se quiser me conhecer e ter uma amiga você vai ter de verdade, é só querer!

T.M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário