sexta-feira, janeiro 30, 2015

Desabafo de uma mente inquieta

Percebo que cada vez mais as pessoas só se interessam pelo o que você é ou o que tem a oferecer, essa busca de status e interesse enfraquece as relações humanas no sentido que a essência foi esquecida e o superficial se torna mais importante.

Ledo engano, pois as pessoas vivem na superficialidade, tornando a vida algo descartável, isso como forma de preencher um vazio que elas mesmas criaram por viver suas vidas na superficialidade.

Amizade, amor, confiança, caráter e verdade, estão perdendo seu sentido natural, devido às competições de status e sentimentos que são usados em sentidos opostos ao natural.

Você já pensou sobre o porquê tanto ódio, disputas e mortes acontecem cada vez mais, é como se o planeta estivesse ironicamente dando o ‘troco’ na humanidade, por sermos tão mesquinhos e cruéis com nós mesmos. Estamos pagando pelo o que fizemos, pela falta de sensibilidade, compaixão, de enxergar a verdadeira essência em nós e no próximo.

O sentimento de solidão é uma das características dessa busca por algo que é difícil de encontrar nas pessoas, principalmente nos amigos que nos cerca, a energia verdadeira está se extinguindo, e são raros os que podemos encontrar e confiar, você já pensou nisso!

No mais, busco nas pessoas o mais simples, a verdadeira essência, quero um olhar sincero, um abraço apertado, um toque amigo, palavras de coração, apenas você e nada mais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário